Novo sucesso entre jogadores, Apex Legends, possui dois personagens LGBTQ+
Games
Game recente lançado distribuído pela EA e produzido pela Respawn Entertainment, Apex Legends tornou-se num dos jogos mais populares deste início de 2019 e o battle royale gratuito está a ajudando a Electronic Arts de formas inesperadas.

O final de 2018 não esteve à altura das expectativas da EA, Battlefield V não vendeu o valor esperado e as previsões de vendas para Anthem foram reduzidas. Após o mais recente relatório financeiro da EA, o valor das ações da companhia desceram 13%, mas graças a Apex Legends, a EA conseguiu dar a volta.

Apex Legends já conta com mais de 10 milhões de jogadores e o entusiasmo em torno do jogo fez aumentar o valor das ações. Se na quarta-feira as ações desceram 13%, ontem subiram 6% e a tendência para crescer foi confirmada hoje - o valor subir 14%.

A Respawn conseguiu entregar um inesperado sucesso que está a ajudar a EA mais do que poderia prever.

Personagens LGBTQ+

As empresas confirmaram que dois personagens de Apex Legends, são membros da comunidade LGBTQ+.

Nos perfis de personagens na página "Conheça as Lendas", a "Fortaleza Blindada" Makoa Gibraltar é descrito como alguém que dedicou a vida a ajudar outros após os pais dele resgatarem "ele e o namorado" de um deslizamento de terra enquanto o casal desfrutava de um passeio com a motocicleta que ele roubara do pai.

Em uma entrevista ao Rock, Paper, Shotgun, a gerente de comunidade da Respawn, Jay Frechette, também confirmou que a "Rastreadora Tecnológica" Bloodhound, cujos nome, idade e planeta natal são desconhecidos, é "não-binária, ou ao menos não-especificada, em termos de gênero".

Esse não é o único shooter multiplayer que revelou personagens LGBTQ+. Em Overwatch, além de Tracer, descobrimos que Soldado 76 também é gay por meio de uma história canônica.

Apex Legends está disponível gratuitamente para PS4, Xbox One e PC.
Novo sucesso entre jogadores, Apex Legends, possui dois personagens LGBTQ+
Postado a .
Por MarK.
MarK
Tags: